Brasão
Bandeira
Dados do Município
Data de fundação: 12 de fevereiro de 1949
Localização: Vale do Itajaí, a 271km de Florianópolis.
Cidades próximas: Dona Emma, Mirim Doce, Pouso Redondo, Rio do Campo, Rio do Oeste, Salete, Santa Cecília e Witmarsum

Fonte: Portal oficial da Prefeitura Municipal de Taió e IBGE.
Informações
Mesoregião: Mesoregião do Vale do Itajaí
Microrregião: Microrregião de Rio do Sul
Aniversário: 12/02
Área:693,025 km2.
Gentílico: Taioense
Habitantes: 17 265 IBGE 2010
IDH: 0,761
PIB per Capita: 22.858,55 IBGE 2008
Localização
História

OS PRIMITIVOS HABITANTES

Na mesma época em que as Pirâmides de Gizé estavam em construção no Egito, índios nômades habitavam a região de Taió. A comprovação está nos estudos da equipe do Instituto Anchietano, que desde 1985 vem executando pesquisas arqueológicas no planalto e no litoral de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Em Taió, os estudos arqueológicos comprovaram a existências de assentamentos indígenas e casas subterrâneas em duas localidades do município. Em Alto Palmital (Fazenda Induma) e outro na localidade de Alto Ribeirão da Vargem (Fazenda Piazzeira). Os sítios estão datados em 8.000 e 4.000 anos e comprovam que os primeiros habitantes eram descendentes de cultura das populações conhecidas como “Jê Meridional”.

 

O SIGNIFICADO DO NOME

A história que originou o nome da Cidade de Taió possui algumas vertentes que se popularizaram. Como a que diz que Taió significa “Morro Grande”, em alusão ao Morro do Funil (localizado na cidade vizinha de Mirim Doce). Ou que deriva da palavra “taiá” (Xanthosoma sagittifolium), uma planta comum em todas as regiões do Brasil. Taio (sem acento) também é o nome de uma cidade na Itália, localizada na região do Trentino-Alto Ádige, província de Trento e possui 2.536 habitantes.

Mais o estudo científico antropológico do historiador Lino João Dell’ Antônio é considerado a definição oficial. O professor estudou a tipologia das 89 cidades do estado de Santa Catarina que tem significado e origem indígena. O estudo concluiu que Taió significa "pedras soltas". O nome deriva dos sufixos: Ta = pedra, i = há (haver) 0 = desgarrar, soltas. Possivelmente o nome é relacionado aos paredões de pedras encontrados no entorno da localidade de Passo Manso, Ribeirão do Salto e outras localidades na região.

Os índios, antes de dar nomes aos lugares, se reuniam para tomar a decisão, tendo como princípio a realidade física. Por isso os nomes escolhidos também serviam como instrução, já que eles eram nômades. A região entre as nascentes dos formadores do rio Itajaí-Açu e o planalto catarinense é formada geologicamente por rochas sedimentares, fortemente dissecadas pela erosão. Formaram-se ali "peraus" profundos onde a passagem só é possível pelas poucas "bocas de serra".

Os índios chamaram de Taió esta região extensa de pedras soltas. Era um aviso. Uma advertência de perigo. Os índios Xokleng e seus antepassados conheciam o Taió como lugar perigoso. Quando subimos a serra dos Ilhéus na rodovia BR-470 (entre Pouso Redondo e Curitibanos), também somos alertados pela sinalização do perigo das pedras soltas que caem. São as mesmas formações rochosas que estão no entorno do município de Taió.

 

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

Distrito criado com a denominação de Taió, pela lei municipal nº 213, de 26 de março de 1927, desmembrado do distrito Bela Aliança, subordinado no município de Blumenau. Pela lei estadual nº 1708, de 10 outubro de 1930, transfere o distrito de Taió do município de Blumenau para o de Rio do Sul. Elevado à categoria de município com denominação de Taió, pela lei estadual nº 247, de 30 de dezembro de 1948, desmembrado de Rio do Sul e instalado em 12 de fevereiro de 1949.

Em divisão territorial datada de 1 julho de 1960, o município é constituído de 3 distritos: Mirim Doce, Ribeirão Grande e Rio do Campo.  Pela lei estadual 799, de 20 de dezembro de 1961, o distrito de Salete ex - Ribeirão Grande e o distrito de Rio do Campo são desmembrados do município de Taió e elevados categoria de município.

Pela lei estadual de nº 824, de 16-05-1962, é criado o distrito de Passo Manso e pela lei municipal nº 8, de 02 julho de 1962, é criado o distrito de Ribeirão Pinheiro. Em divisão territorial datada de 1º de janeiro de 1979, o município é constituído de 2 distritos: Mirim Doce e Passo Manso. Pela lei estadual nº 8356, de 26 de setembro de 1991 o distrito de Mirim Doce é desmembrado do município de Taió e elevado à categoria de município.

 

Fale Conosco

(47) 3562-2828
contato@taio.sc.leg.br

Horário de Atendimento

De segunda à sexta-feira
08:00 - 12:00

13:30 - 17:30

Coronel Feddersen, 1640
Centro - Taió/SC
89190-000