História do Município

Embora o brasão do município de Taió contenham a data de 1917 como de sua colonização, a maioria dos historiadores e pesquisadores não aceitam como sendo esta a data que deu início as atividades do elemento europeu no município.

Por volta de 1876, Emil Odebrecht desceu pelo Morro do Funil, atingindo o rio Taió, e pernoitou na cidade que hoje leva este nome. Outros mais tarde, desceram a serra, e se instalaram em Rio Azul (hoje pertencendo à Rio do Campo), vários outros fugitivos da Guerra do Contestado. Mas pelos registros, o alemão Eugenio Grusmuller teria feito a primeira plantação durante o final do inverno de 1917. Os primeiros moradores que se têm registro escrito vieram subindo pelo rio Itajaí e, no ano de 1918, surgiu o primeiro acampamento onde seria depois a futura cidade de Taió, que também deu origem as cidades de Rio do Campo, Salete e Mirim Doce. Destaca-se no campo cultural e histórico a Academia de Letras do Brasil - seccional de Santa Catarina, fundada em 2016

Informações Gerais

  • Data de fundação: sábado, 12 de fevereiro de 1949
  • Localização: Vale do Itajaí, a 271 km da capital
  • Cidades Próximas: Dona Emma, Mirim Doce, Pouso Redondo, Rio do Campo, Rio do Oeste, Salete, Santa Cecília e Witmarsum
  • Microrregião: Rio do Sul
  • Aniversário: 12/02/1949
  • Área: 693.025 km²
  • Gentílico: Taioesnse
  • Habitantes: 17.265 IBGE 2010
  • IDH: 0,761
  • PIB per Capita: 289.537,519 IBGE 2008

Localização