Notícia publicada em: 08/11/2017

Vereadores de Taió acompanham números da Regional de Saúde

Vereadores de Taió acompanham números da Regional de Saúde

O gerente regional de Saúde da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Taió, Gionei de Souza foi o terceiro nome da Regional a ocupar a tribuna da Câmara de Vereadores de Taió, em uma agenda que tem sido programada a cada sessão ordinária para que as ações realizadas em Taió pelo Governo do Estado, através da Regional sejam apresentadas aos legisladores do município.

Ao fazer o uso da palavra na sessão ordinária, Souza lembrou que está a frente do cargo há cerca de dois anos. “É umas das pastas mais difíceis que se tem dentro de uma administração”, classificou.

Ao apresentar as ações em números, o gerente regional destacou aos vereadores, a parceria feita entre o Estado e o Município, com o Hospital e Maternidade Dona Lisette, que passou por uma reforma que teve investimentos da ordem de R$ 1,1 milhão. Houve ainda o envio de R$ 103 mil para a compra de equipamentos, mais R$ 150 mil para custeio e manutenção. O gerente regional de Saúde lembrou ainda dos R$ 360 mil para a compra de mais equipamentos, que foram assegurados pelo Secretário de Estado de Saúde, Vicente Caropreso, em documento do InvestSaúde assinado na semana anterior.

Os investimentos e parcerias feitas em municípios vizinhos também foram apresentados. Segundo as informações divulgadas, Santa Terezinha recebeu R$ 50 mil para a reforma de uma unidade de Saúde, e mais R$ 100 mil para a compra de uma ambulância. Pouso Redondo obteve recurso de R$ 200 mil para o custeio e manutenção de atendimentos e serviços de saúde. Salete foi contemplada com R$ 300 mil para a conclusão da unidade de saúde que fica ao lado do Hospital e Maternidade Santa Terezinha. Além disso, Taió, Mirim Doce e Salete também receberam uma ambulância equipada, para Rio do Campo o veículo está sendo adquirido.

Outras ações também foram lembradas, como a abertura do Setor de Oncologia do Hospital Regional, que vai beneficiar pacientes em tratamento contra o câncer, de todo o Alto Vale, além da abertura da UTI do Hospital Waldomiro Colautti, em Ibirama. “Depois de uma briga incansável e que agora vai atender toda a região”, disse.

 

Medicamentos

 

Em Taió, atualmente 389 pacientes são atendidos com medicamentos especializados, são cerca de R$ 38 mil em medicamentos por mês. Medicamentos especializados são os que estão fora da lista da farmácia básica. “É um componente que o Estado junto a União repassa aos municípios”, explicou.

Os medicamentos judiciais, aqueles assegurados aos pacientes por meio de litígio, atendem 76 pacientes somente em Taió, uma média de gasto que varia entre R$ 80 mil e R$ 90 mil por mês. “Somando os medicamentos especializados e judiciais, isso passa pela nossa farmácia, em torno de R$ 3,4 milhões por ano, é um valor bem significativo para os seis municípios”, concluiu.







Fale Conosco

(47) 3562-2828
contato@taio.sc.leg.br

Horário de Atendimento

De segunda à sexta-feira
08:00 - 12:00

13:30 - 17:30

Coronel Feddersen, 1640
Centro - Taió/SC
89190-000